SOB A ÉGIDE DA VIRGEM DA LUZ: o trabalho valoroso dos filhos da Soberana

A importância da união em nome de uma festa secular e grandiosa.


A preparação à Festa da Luz demanda tempo e dedicação de inúmeras organizações, dentre os quais se destacam seus voluntários, efetivamente dispostos, fiéis funcionários, seminaristas e padres, que, divididos em frentes amplas de trabalho, formam o seleto grupo de pessoas que visam enaltecer a festa da sua padroeira, Nossa Senhora da Luz.

Firmes, constroem a imagem belíssima do evento, caracterizada pela competência, responsabilidade e zelo; cabe ressaltar que, em todos os anos, tal evento inovou em algumas áreas, se destacando a comunicação, materializada através da Pastoral da Comunicação (PASCOM). Através de programas, transmissões ao vivo ou gravadas, vídeos e fotos, foram alcançados consideráveis números de fiéis de diversas cidades, dioceses e Estados.

Contudo, cabe salientar que a incomparável decoração que compõem todo o complexo da Catedral foi pensada, organizada, trabalhada e finalizada pela equipe da Sacristia, que com muito carinho, respeito e devoção, brindou os olhares dos fiéis com arranjos ornados com rosas, jasmins, crisântemos e gipsófilas. Em conjunto, a equipe da acolhida, oferecendo sempre um sorriso estampado no rosto, fecunda nos corações dos romeiros e visitantes um conforto fraterno, fundado no afeto e no caloroso abraço de boas-vindas.

Tendo que, por diversas vezes, chegar cedinho, a equipe das cadeiras se mostrou primordial, sendo seu objetivo oferecer a melhor experiência possível aos visitantes através do conforto e segurança. A Quermesse Luz, após cada celebração, regou com comidas, doces e bebidas as atrações que se apresentaram e encantaram os corações, tendo como repertório o forró, o xote e o MPB, e ao final, bingos e leilões propuseram aos presentes a harmonia, a alegria e a descontração.

Assim preceitua o Papa Francisco: “Somos portadores de uma grande riqueza, que depende daquilo que somos: da vida recebida, do bem que há em nós, da beleza intangível com que Deus nos dotou, porque fomos feitos à Sua imagem, cada um de nós é precioso a seus olhos, único e insubstituível na história.”; a cada voluntário, fiel e sociedade em geral, fica os agradecimentos e o grandioso obrigado. De fato, os corações arderam e os pés continuam a caminho da harmonia e fé.

Por Gabriel Di Corleone, Pascom Luz

OUTRAS NOTÍCIAS